quarta-feira, 15 de maio de 2013

REVELAÇÃO

QUERO LER UM POEMA
QUE ME DESVENDE, DESVELE, REVELE
ME DIGA QUEM EU SOU
SEM SUBTERFÚGIOS
ME DEIXE SEM VERNIZ E CINZA.

II SALÃO DE ARTE DA ACLA